Você já pensou ou teve a experiência de viajar sozinho? Então este texto foi feito para você, crescidinho! Independente do que despertou essa vontade em você, existem muitos lugares indicados para quem deseja viajar sem companhia. Entretanto, pode ser que muitas dúvidas estejam tomando conta da sua cabeça nesse momento: afinal, como é viajar sozinho? quais os melhores lugares para viajar sozinho? A fim de responder essas perguntas, vamos falar sobre os prós e contras dessa aventura.

Vantagens de viajar sozinho

Conhecer novas pessoas – esta é uma das maneiras mais eficazes de fazer novas amizades (e quase todas aventureiras). Em algum momento você precisará pedir informações, comer em lugares diferentes e, dependendo de onde ficar hospedado, seus colegas de quarto (em caso de hostel) serão as pessoas com quem vai precisar contar sobre o seu dia.

Superar medos e momentos difíceis – viajar pode ser uma ótima maneira para quem precisa superar algum medo. Além disso, é uma oportunidade de colocar os pensamentos em ordem, tomar decisões e pensar na vida. 

Aprimorar uma nova língua – viajar para um novo país e sozinho, permite que você aprimore o idioma daquele lugar. Isso porque você vai precisar se virar no dia a dia, o que fará com que você se expresse e fale com os comerciantes, moradores e outros turistas.

Seu roteiro não dependerá de outra pessoa – se você se planejar bem e entender os locais que deseja visitar, não vai sobrar tempo para ficar entediado. Além disso, sabe aquelas viagens que você foi com alguém e precisou mudar o roteiro por conta da vontade do outro? Viajando sozinho você faz com o seu tempo o que bem entender e não precisa sair da sua rota.

Desvantagens de viajar sozinho

Não ter companhia para certos momentos – não é muito legal viajar para lugares tão românticos em uma viagem solo, por exemplo. Imagine olhar para a Torre Eiffel e não ter com quem compartilhar este momento? Um dos pontos negativos para quem viaja sozinho, é não ter alguém para passar estes momentos-chave durante a viagem. Entretanto, se você é desencanado(a) com essas coisas, existem destinos românticos que também podem valer a pena (vai que! rs)

Uma saída que pode minimizar essa vontade de compartilhar lugares e momentos, é usar a tecnologia para ligar para as pessoas que você gostaria de mostrar as suas novas experiências locais.

Dicas para quem quer viajar sozinho

Se você quer muito viajar sozinho mas ainda não se sente preparado, veja as próximas dicas:

Comece por destinos mais simples 

Ao invés de praticar o famoso “se joga”, uma dica é começar por destinos mais tranquilos, que tenham um idioma mais parecido com o seu (no caso do português, o espanhol é uma língua mais tranquila para começar a treinar). Sendo assim, conhecer países como Portugal, Argentina, Chile e Uruguai, pode ser uma boa opção.

Opte por se hospedar em hostel

Para quem deseja fazer novas amizades, os hostels são as melhores opções, já que proporcionam oportunidades maiores de interação, visto que este é o modelo do negócio: hospedagem compartilhada. Caso queira mais privacidade durante a noite, alguns hostels já oferecem opção de quarto individual, mas com todos os benefícios de um ambiente mais social. 

Usufrua da tecnologia

Alguns aplicativos podem ajudar durante a sua viagem solo. O Google tradutor já oferece até mesmo opção de tirar foto da frase e traduzi-la em tempo real. O Google Maps também é um aplicativo que pode auxiliar você a chegar em qualquer lugar que desejar.

Participe de grupos de viagem

Redes sociais como o Facebook permitem que você acesse grupos com interesses em comum e, com certeza, você encontrará páginas com pessoas que já viajaram ou que pretendem e poderá trocar experiências com todos (inclusive para destinos específicos).

Como planejar uma viagem?

Principalmente se você não tem o costume de viajar, planejar uma viagem é um grande desafio para quem deseja explorar o mundo. Por isso, separamos algumas dicas de organização para você! 

Pesquise sobre o local

Antes de ir para algum lugar, é essencial pesquisar sobre a cultura, culinária e outras informações sobre o destino. Isso para que você não tenha surpresas tão desagradáveis. Nessas horas, o Google pode ser o seu melhor amigo, já que neste buscador é possível encontrar diversos materiais (textos e vídeos) que contam sobre cada parte do mundo. 

Veja os pontos turísticos que você não pode deixar de visitar, procure planejar um roteiro dos locais que deseja conhecer naquele destino. 

Controle de gastos 

O primeiro passo para controlar os gastos é começar a economizar. Com isso, é necessário ter anotado tudo que você paga no mês de contas fixas e variáveis (até mesmo o cafézinho antes do trabalho, viu?). Analise também todos os custos da viagem e conclua o quanto precisa guardar para chegar em um valor bom para pagar a experiência e levar para gastar no destino. 

Reserve hospedagem com antecedência

Ao reservar a hospedagem com antecedência, você tem mais chances de economizar ou até mesmo quitar o pagamento do hotel antes de ir para a viagem, o que é ótimo, visando que terá apenas os gastos no local para onde você vai. Alguns sites auxiliam você para comparar os preços dos hotéis: 

Vale a pena alugar um carro no destino em que você vai ou é melhor andar com o transporte público local? Essa questão também tem que fazer parte da sua pesquisa sobre o destino. Se precisar alugar transporte no destino em que você pretende viajar sozinho, planeje-se com antecedência.  

Aluguel de carros

Vale a pena alugar um carro no destino em que você vai ou é melhor andar com o transporte público local? Essa questão também tem que fazer parte da sua pesquisa sobre o destino. Se precisar alugar transporte no destino em que você pretende viajar sozinho, planeje-se com antecedência. 

Lugares para viajar sozinho

Destinos nacionais

Bonito (MS) – se a ideia é fugir do estresse da cidade grande, este é o destino perfeito para você. Além de ser um destino nacional, o que pode passar mais “tranquilidade” se você nunca viajou sozinho. O local possui paisagens paradisíacas e praias incríveis para você que curte água doce, salgada e vitamina D natural (famoso sol). 

Os roteiros do local envolvem cachoeiras, grutas, águas cristalinas e trilhas. Se você viajar para Bonito, não deixe de mergulhar no Rio da Prata, ir até a Praia da Figueira e visitar a gruta da Lagoa Azul. No destino também é possível praticar Rapel, andar de triciclo e fazer arvorismo. 

Jericoacoara (CE) – para quem busca contemplar as belezas da natureza, a pequena aldeia de pescadores pode ser surpreendentemente encantadora. Além disso, “Jerí” (como é carinhosamente conhecida), possui um por do sol de dar inveja para qualquer montanha. Neste lugar, aproveite para levar aquele livro que você sempre quis ler e nunca conseguiu, pois vai encontrar diversas redes suspensas para deitar e relaxar. 

Recife (PE) – para quem busca uma gastronomia local forte, praias muito belas e muita festa, Recife pode ser o local ideal para uma viagem individual. Vá até a praia de Boa Viagem, conheça as piscinas naturais e a ótima infraestrutura do local. 

Curitiba (PR) – é um local repleto de parques incríveis durante o dia e cheio de festas durante a noite. Além de ser um local tranquilo para viajar sozinho, a capital do Paraná tem o melhor Índice de Desenvolvimento Humano do Brasil. Dá para ir de Curitiba até Morretes de trem, com certeza será um passeio inesquecível para você. 

Destinos internacionais 

Amsterdã (Holanda) – lá é possível conhecer diversos locais com bicicleta, isso mesmo. Além de passear por novos lugares, você, de quebra, faz um exercício físico. Os “cafés” e pubs são deliciosos e tradicionais, oferecendo ambientes aconchegantes, perfeito para novas amizades. A cidade é cercada por parques e rios e é bastante tranquila. O trem é ligado com o aeroporto e cada trecho possui uma cobrança diferente, tudo depende de qual parada ou distância você deseja ir. 

Córdoba (Argentina)  – para quem deseja conhecer uma cidade do interior da terra dos “los hermanos”, Córdoba é o local ideal. Localizado a mais ou menos 700 km de Buenos Aires, é possível conhecer as vinícolas de Mendonza. 

Cusco (Peru) – o destino está entre os melhores lugares para viajar sozinho na América do Sul, pois é um local com ótima estrutura para visitantes. A culinária tem alguns dos pratos considerados melhores do mundo. O benefício é que, por sua reputação, você vai ter a oportunidade de encontrar muitas pessoas que decidiram aventurar-se sozinhas pelo mundo.

San Andres (Colômbia) – quem deseja conhecer um local mais distante, este é um dos lugares ideais, já que oferece praias paradisíacas que só a Colômbia consegue oferecer. Os sete tons de azul do mar convida qualquer turista a mergulhar na imensidão das águas junto aos peixes. 

Viu só quanta coisa incrível você tem para explorar no mundo? Não deixe que o medo impeça você de viver histórias incríveis para contar. Ei, crescidinho viajante, se você já teve essa experiência, deixe o seu comentário para que os nossos leitores possam conhecer a sua história.

Deixe seu comentário