A grande maioria das pessoas já crescem ouvindo o quão importante é contar com um plano de carreira sólido para não passar por apuros e ter uma vida profissional mais tranquila e estável.

Falando em carreira tranquila e estável, provavelmente você já deve estar se lembrando de seus pais falando daquele seu primo de 5º grau que entrou na empresa como estagiário e hoje é quase dono. Mas será que plano de carreira se resume a entrar em uma empresa e ir crescendo lá até se aposentar? Afinal, o que de fato é um plano de carreira? Existe mais de um tipo? Por que deveria me preocupar com isso? Relaxa, pois é exatamente sobre isso que falaremos nesse post.

O que é plano de carreira?

O plano de carreira nada mais é que um planejamento que guiará sua vida profissional, onde serão traçadas as metas, objetivos que pretende alcançar e ações que precisará colocar em prática para que consiga chegar naquilo que almeja.

Apesar de sermos treinados desde cedo para terceirizar a responsabilidade do plano de carreira para as empresas, essa ideia está caindo cada vez mais em desuso, pois o mundo mudou e a forma como empresas e funcionários se relacionam também. Não acredita? Aí vai um exemplo: provavelmente você conhece alguém que ingressou em uma empresa ainda na adolescência e por lá mesmo se aposentou, tendo um único emprego no decorrer de toda a vida. E agora? Quantos de seus amigos que ainda estão ativos no mercado de trabalho permanecem na mesma empresa em que começaram a trabalhar? Provavelmente poucos ou nenhum.

Esse quase “casamento” entre empresa e funcionário praticamente deixou de existir e é exatamente por isso que é cada vez mais importante se preocupar com seu plano de carreira que, ao contrário do que muitos pensam, é sim uma responsabilidade de cada um, afinal, convenhamos, se a vida é sua, a mão de obra é sua e se as metas e sonhos são seus, nada mais natural que o plano de carreira também seja.

Tendo isso em mente, ao fazer o plano de carreira é importante que você tenha claro o que realmente gosta de fazer, no que você se sai bem, quais são seus sonhos, o que procura, quais são os seus diferenciais e suas qualificações.

E se engana quem pensa que o plano de carreira só pode ser feito por aqueles que estão começando. Como já dissemos anteriormente, plano de carreira é planejamento, logo, para quem está pensando em mudar de carreira, tal planejamento pode ser ainda mais essencial para que esse processo de transição ocorra da forma mais tranquila possível.

Quais os tipos de plano de carreira?

Agora que você já sabe o que é o plano de carreira, provavelmente deve estar se perguntando se existe mais de um tipo. A resposta é um grande SIM. Como já dissemos anteriormente, planos de carreira são individuais, pois cada um tem um sonho: há quem queira fazer uma carreira astronômica em uma grande empresa, há quem sonhe em ser dono de seu negócio e consequentemente seu próprio chefe, também existem aqueles que estão planejando fazer uma mudança radical no rumo de sua carreira profissional, dentre outros. Sendo assim, listamos alguns tipos de planos de carreira dos quais você pode se identificar:

·         Plano de recolocação

Esse é o plano para aquelas pessoas que estão desempregadas ou que pretendem mudar de emprego. Além de ter muito bem traçado seus objetivos — algo extremamente necessário em qualquer plano de carreira —, você precisará listar empresas e cargos dos quais se identifica, definir uma rotina para a busca de seu novo emprego, exercitar sua rede de contatos e manter currículo e LinkedIn sempre atualizados.

·         Plano de crescimento na empresa

Está trabalhando em uma empresa legal e com algo que gosta? Ótimo, aqui já temos meio caminho andado. Mas isso não significa que você já pode se acomodar e deixar a cargo do tempo seu crescimento profissional. Ter planejado até onde você quer chegar naquela companhia é muito importante para que possa prosseguir traçando metas e se qualificando, afinal, estar atualizado é muito importante em um mercado tão dinâmico e volátil como o atual.

Algumas empresas oferecem um plano de carreira para seus profissionais e incentivam que permaneçam sempre inquietos, em busca de novos desafios. Se esse for o caso de sua empresa, excelente, você pode alinhar o plano da empresa com o seu para alcançar a meta que estabeleceu da forma mais prática possível.

Caso sua empresa não ofereça um plano de carreira, você não precisa se desmotivar. Analisar a empresa como um todo e se espelhar em cases de sucesso que trabalham por lá pode te ajudar muito nessa tarefa.

·         Plano de empreendedor

Cansou de trabalhar para os outros e acha que está na hora de ter um negócio para chamar de seu? Também existe um plano para você.

Como deve imaginar, empreender não é a coisa mais simples do mundo, você precisará fazer uma pesquisa na área em que pretende atuar, definir onde quer chegar, ter capital e se preparar para dar aquela segurada, afinal, dificilmente seu negócio já começará dando lucros. É preciso tempo e muito trabalho para recuperar aquilo que foi investido para se estabilizar e consequentemente passar a pensar em expansão. Aproveite essa vontade para ler o post que preparamos sobre como empreender! 

Por que me preocupar com a gestão de carreira?

Se preocupar com a gestão da sua carreira é algo que todos devem levar consigo desde cedo. O principal — e mais óbvio — motivo é que sua carreira é unicamente sua, se você não se preocupar em planejá-la, muito provavelmente ninguém fará isso por você.

Mas os motivos para se preocupar com a gestão de carreira vão muito além disso. Algo que praticamente todas as pessoas esperam é ter uma carreira sólida e ascendente, fazendo algo que as tragam felicidade e permita conciliar a vida profissional com qualidade de vida. Para isso, é necessário ter o cuidado de se planejar.

O futuro de fato é imprevisível, mas existem ações que você pode colocar em prática no presente para que possa atingir os objetivos que estabeleceu. Ao se preocupar com a gestão de sua carreira, você poderá traçar metas de curto, médio e longo prazo, compreender onde e quanto de tempo e capital precisará investir, quais tipos de qualificações precisará obter, dentre outras ações bem previsíveis e necessárias para alcançar o resultado desejado.

Como montar um plano de carreira pode ajudar na minha carreira profissional?

Montar um plano de carreira pode te ajudar em sua carreira profissional de diversas formas, mas a principal delas é fazer com que você trace objetivos e formas de atingi-los. Ao montar um plano de carreira, você passa a se concentrar mais naquilo que almeja, logo possui menos chances de perder o foco. Claro que você precisará se regrar para conseguir tirar tudo aquilo do papel, pois do contrário seu plano não terá serventia alguma.

Mas os benefícios de montar um plano de carreira vão muito além disso. Com um plano de carreira você se sentirá mais motivado(a) a manter-se atualizado(a) e a desenvolver suas competências para que possa crescer em sua carreira. O mercado está cada vez mais competitivo e menos flexível com quem opta por parar no tempo.

Além de se tornar uma pessoa mais organizada e preparada para o mercado de trabalho, ao elaborar um plano de carreira você também pode se tornar mais desenvolto(a) e seguro(a) de si, pois após ter definido o que quer e colocado as ações necessárias em prática, fica muito mais fácil deixar a insegurança de lado.

Como montar um plano de carreira?

Se você chegou até aqui, certamente já possui uma boa base de como montar o seu plano, mas sempre é bom dar aquela recapitulada para que nada seja esquecido.

1.    O primeiro e mais importante passo para montar um plano de carreira é decidir quais são seus objetivos, pois se não sabemos onde queremos chegar, sequer faz sentido montar um planejamento. Mas vale ressaltar que essa é sim uma escolha importante e que deve ser muito bem pensada, portanto não precisa pressa.

2.    Já se decidiu? Então é hora de começar a pensar nas ações necessárias para que tudo o que listou no primeiro tópico possa se concretizar. Você não pode virar médico(a) sem cursar medicina, assim como você não pode empreender sem capital. Então trabalhe a sensatez nessa etapa e não se assuste com o tamanho da lista, afinal precisamos começar de algum lugar, não é mesmo?

3.    Terminou de traçar as metas? Agora é necessário definir os prazos que serão necessários para concretizá-las. Aqui novamente é necessário sobriedade para não exagerar e se cobrar excessivamente. Defina prazos realistas, que você sabe que será capaz de cumprir para não acabar se frustrando. Um dos objetivos do plano de carreira é facilitar e auxiliar na organização de sua vida profissional, não torná-la mais complicada.

Modelos de plano de carreira

Várias empresas oferecem planos de carreira, então listamos a seguir alguns dos muitos modelos utilizados pelos empregadores:

CARREIRA EM Y:

Como o próprio formato da letra sugere, o plano de carreira em Y é aquele em que determinado ponto o colaborador precisará escolher se seguirá carreira como especialista ou gestor. Vale enfatizar que ambos são muito importantes para qualquer organização e a escolha deve ser feita de acordo com suas qualidades e desenvoltura.

CARREIRA EM W:

O plano de carreira em W é praticamente uma extensão do plano em Y que, ao contrário de fazer com que o colaborador escolha seguir como gestor ou especialista, o proporciona um mix de ambos. O profissional não chega a ser exatamente um líder, mas desempenha algumas funções que geralmente são exercidas por tais.

CARREIRA EM REDE:

A carreira em rede se assemelha com o plano em Y, mas oferece mais opções para o profissional escolher funções que gosta e se sai melhor. Mas aqui é muito importante o cumprimento das metas para que os demais passos possam ser dados.

CARREIRA EM LINHA

Esse é um modelo bem mais tradicional, onde é mais complicado mudar de área e a maioria das promoções acabam sendo automáticas. O tempo de casa geralmente é levado em conta.

E então, algum dos modelos citados é o praticado pela sua empresa? Alinhar seu plano pessoal com o modelo praticado pela empresa é sem dúvidas uma maneira eficaz para seu crescimento profissional. Agora é só colocar a cabeça no lugar e começar a planejar sua carreira, algo que não precisa ser trabalhoso ou exaustivo, e que certamente te ajudará muito no decorrer da sua jornada. Boa sorte!

Deixe seu comentário