Depois de um tempo parado e com a velocidade em que as coisas mudam (inclusive o mercado de trabalho) é normal que surjam dúvidas do tipo: “como procurar emprego?”, “onde procurar emprego” e agora, com as facilidades que a tecnologia nos trouxe, ao invés de comprar aquele famoso jornal “O Amarelinho” (jornal que divulgava vagas de emprego, cursos e concursos públicos em todas as regiões do Brasil), “melhores sites de emprego”. Dentre todas as aflições, existem muitos questionamentos a serem esclarecidos e, depois de ralar nessa vida adulta, preparamos este post para te ajudar a conseguir um emprego e voltar ao mercado. 

Como conseguir um emprego? 

Uma das principais dicas, e que só depende de você, é definir as expectativas antes de pensar em “onde procurar emprego”. Ou seja, pegue um papel (literalmente) e pense: 

  • Qual a minha pretensão salarial?
  • Quais as regiões que favorecem o meu trajeto de casa até o trabalho e vice-versa?
  • Em quais atividades eu gostaria de atuar? 
  • Qual cargo está dentro das minhas qualificações? 

Se você está fora do mercado há muito tempo, precisa saber que as coisas mudaram um pouco, bem como a forma de fazer o seu currículo e o que colocar, por exemplo. Se você encontrou alguma vaga que brilhou os olhos, atualize o seu currículo descrevendo as atividades que já realizou voltadas para os pré-requisitos ou trabalhos descritos. Fizemos um post com dicas e modelos de currículos para ajudar você! (Se quiser, pode ir ler. Mas volta! Ainda não terminamos de te ajudar sobre o retorno ao mercado de trabalho). 

Quais os melhores sites de emprego? 

A internet facilitou a vida e encontrar diversas vagas de emprego para compará-las ou se candidatar sem ao menos precisar sair de casa ficou mais simples também. Por isso, listamos os melhores sites de emprego, na nossa mera opinião, para que você saiba onde procurar emprego.  

LinkedIn – uma das plataformas mais conhecidas por quem deseja estabelecer conexões profissionais e seguir empresas de interesse para ficar de olho nas vagas que surgem. Esta é uma plataforma que apresenta características de rede social, site de empregos e currículo online. O ponto “contrário” como consequência desse “mix” é que as ofertas de vaga são menores que os sites tradicionais. A rede é gratuita, mas quem assina o plano premium amplia as possibilidades de contato e dá uma visibilidade ainda maior do seu CV aos contratantes. Apresenta aplicativo para Android e iOS

Catho – nesta rede você poderá encontrar aproximadamente 1,8 milhão de vagas todos os anos. Diferente do LinkedIn, para acessar a Catho, você precisa assinar o serviço (é possível testar a ferramenta gratuitamente por sete dias). Apresenta aplicativo para Android e iOs

InfoJobs – o site premite que os candidatos publiquem seu currículo e busquem vagas gratuitamente. Também oferece um serviço pago, que tem o diferencial de aumentar a visibilidade do CV. Apresenta aplicativo para Android e Windows Phone

Empregos.com.br – este é um dos grandes sites de emprego do País. É utilizado por 150 mil empresas e possui mais de 270 mil vagas disponíveis. 

Vagas.com.br – muito famoso entre as pessoas que buscam emprego, o Vagas.com.br é totalmente gratuito e ajuda os candidatos a encontrar vagas mais direcionadas para cada perfil. 

Sites de emprego internacionais

Monster – site com milhares de vagas disponíveis, principalmente pelos países da Europa, Ásia, Oriente Média e América do Norte. 

Seek – esta plataforma direciona os candidatos que estão buscando emprego principalmente na Austrália e na Nova Zelândia. 

Sites de emprego especializados 

Manager – quem tem foco em vagas gerenciais, principalmente nas áreas de administração, logística, comercial, atendimento e indústria, este é o site ideal. O serviço é pago e pode ser testado de modo gratuito por sete dias. 

Jurídico vagas – como o próprio nome já diz, este site é direcionado para estudantes, bacharéis em Direito e advogados em escritórios e empresas de advocacia. O cadastro é feito de forma gratuita. 

Carreira Fashion – a palavra “Fashion” te lembra o mundo da moda? Pois é exatamente para este nicho que este site é direcionado. É um dos maiores bancos de vagas do setor. O serviço para candidatos é pago. 

Como procurar emprego? 

Apesar de ser uma pergunta complicada de se responder, já que tudo depende do momento de vida de cada um e do que você está buscando, é possível utilizar algumas dicas para encontrar o que deseja (ou pelo menos tentar). 

  • Pense em quais cargos correspondem às suas experiências anteriores e suas qualificações atuais;
  • Use as dicas que citamos no tópico “Como conseguir um emprego”.

Estes são apenas os primeiros tópicos para começar. Mas aqui vão mais algumas dicas:

Reative seus antigos contatos

Um passo de início para voltar ao mercado de trabalho é reativar seus contatos profissionais. Afinal, as pessoas que já trabalharam com você e gostaram, terão o maior prazer em te ajudar a se restabelecer. 

Hoje em dia, este tipo de indicação é muito valorizada pelas empresas, já que quem recomenda um amigo está atestando que ele merece credibilidade, certo?! 

Envie currículos para vagas de emprego com frequência (as que batem com seu perfil)

Nada vai cair do céu. Se você não for atrás e realmente se mostrar disponível, as empresas não saberão que está disponível. É como aquele ditado: “Quem não é visto, não é lembrado!” (cara, isso nunca foi tão real). Listar as empresas que gostaria de trabalhar pode ser uma maneira de manter no radar os locais para onde enviar o seu CV.

Se especialize ainda mais 

A internet não veio apenas para trazer as redes sociais. Ela também oferece cursos gratuitos ou até mesmo com um valor mais em conta! Aproveite essa oportunidade para se especializar dentro da sua área e mostrar para os recrutadores que você é uma pessoa inquieta e que está sempre se atualizando. 

O que acontece na sua área de atuação? 

Se você ficou muito tempo parado, deve estar por fora das principais tendências do setor. Aproveite o período de retorno para entender o que está acontecendo no seu nicho, exigências e expectativas de salário. 

Autoconhecimento

O bom e velho papel e caneta podem ser seus aliados nessa hora. Pare em algum momento do seu dia para se autoconhecer. Se tiver dificuldade em tirar algumas conclusões, vale conversar com os colegas e pedir para que eles apontem seus pontos positivos e o que precisa, de alguma forma, ser melhorado. 

Em que mais você é bom?! 

Você já pensou, em algum momento da vida, mudar sua área de atuação? Principalmente se o seu nicho estiver em crise, pode ser uma saída. Quem sabe procurar uma carreira que esteja com mais oportunidades ou em alta?. 

Atualize o seu LinkedIn e as redes profissionais

Atualize todas as suas informações nos seus perfis profissionais! Essa é uma maneira de ajudar os recrutadores a encontrar você por meio de suas qualificações. Aproveite para anexar o seu currículo (sempre em formato PDF) nas redes. Ah, lembre também de revisar de os seus meios de contato (telefone, email etc) estão corretos. Imagina perder uma oportunidade por falha na comunicação?! 

Não deixe se abater

Ao voltar para a rotina de entrevistas, é preciso ter em mente que alguns “NÃOs” podem vir, o que acaba nos deixando frustrados por um momento. Entretanto, utilize isso para ressignificar isso na sua vida e melhore ainda mais o seu desempenho. 

Como se preparar para a entrevista? 

Isso poderia render assunto para um único post (e vai! O.O). Mas, para que você não precise nem mesmo mudar de página, separamos algumas dicas que vão te ajudar. 

Estude perguntas comuns

Conhecer algumas perguntas comuns em entrevista é uma ótima maneira para não ser pego de surpresa. Assim, consegue responder para si mesmo algumas perguntas e conhecer melhor sobre sua trajetória profissional. 

Relembre projetos marcantes

Tire um momento antes da sua entrevista para relembrar os principais projetos em que você participou e teve grande impacto para os resultados. Hoje em dia, as empresas se preocupam muito mais com o que já fez do que suas experiências profissionais (no sentido de onde trabalhou, quanto tempo etc). 

Seja pontual

Chegue no horário da entrevista! Se possível, um pouco antes (não precisa chegar 1 hora antes, ok? Isso pode acabar atrapalhando o planejamento do recrutador e causar um desconforto). Ser pontual mostra que você é alguém comprometido com seus compromissos. 

Vestuário

Cuidado com a roupa que vai até a empresa. Mesmo que seja um ambiente sem dress code, é importante se manter no “padrão” para uma entrevista de emprego. O estilo “social” nunca falha. Mas, caso não se sinta confortável com este tipo de roupa, você pode optar por um social casual (mistura de jeans com camisa social, por exemplo).

Conheça a empresa

Pesquisar sobre a empresa é essencial antes de ir para uma entrevista. Isso demonstra que você realmente está interessado em trabalhar alí. Portanto, pesquise sobre o setor em que ela atua, características de gestão, desafios, concorrentes e outras informações que julgar interessante. 

Confiança

Se sentir confiante pode fazer toda diferença para o seu desempenho e a percepção do recrutador. Treine o que vai falar na entrevista e ensaie algumas respostas. Manter o contato visual também é uma maneira de passar credibilidade sobre a sua fala. Seja uma pessoa “para cima”e demonstre entusiasmo, isso faz toda a diferença e pode te destacar dos outros candidatos. 

Mantenha postura

Falar mal da antiga empresa pode prejudicar o seu resultado na entrevista. O pensamento das empresas, na maioria das vezes é: “bom, se ele fala mal de uma, poderia facilmente falar da outra também”. 

Faça perguntas

Quando um recrutador pergunta se você tem alguma dúvida, não é em vão e você pode aproveitar mais essa oportunidade para mostrar mais interesse e conhecimento (quando a pergunta é bem construída). Tente algo parecido com:

  • Como você caracteriza a cultura da empresa? 
  • Como você poderia descrever a equipe e o gerente do time em que eu trabalharia?
  • Como posso começar com o pé direito na empresa?
  • Quais as expectativas para a empresa daqui um ano? 

Identifique o estilo do entrevistador

Já ouviu falar que ser similar à pessoa com a qual você está se comunicando pode fazer com que ela se identifique e se agrade mais facilmente contigo? A ciência já linkou diversas vezes este tipo de comportamento e resultado. Por isso, utilize ao seu favor, sem parecer algo forçado ou que modifique a sua personalidade. 

Alguns recrutadores são mais formais, outros gostam de uma abordagem mais descontraída. Identificar este tipo de estilo e se adaptar pode contar muitos pontos para você. 

Atenda as ligações de número desconhecido

Depois que sair da entrevista, qualquer ligação pode ser uma esperança. Por isso, mesmo que você não aguente mais receber ligações por engano ou de mensagens automáticas, atenda todas elas. #VaiQue!. Não esqueça de olhar o seu e-mail todos os dias. Este também pode ser um canal pelo qual o recrutador vai entrar em contato para informar o resultado da seletiva. 

Ufa, quanto trabalho temos pela frente, né?! Mas é isso que você está buscando, não é mesmo? Então, mão na massa e bora lá encontrar o emprego dos sonhos! 

Deixe seu comentário